Bem Vindos!!!!!

Bem vindos queridos amigos e leitores! não reparem muito pois o Blog é novo e agora que me adentrei neste mundo tão virtual quanto a nossa propria realidade.
Criei este Blog amador com finalidade e objetivo de discutir principalmente o Jornalismo nosso de cada dia, todos os percausos e maravilhas desta profissão tão apaixonante.
Mas não se impressionem se forem abordados temas que fogem um pouco o tema Jornalismo.
No mais sejam bem vindos e lembrem-se:

"Se você é capaz de sonhar, é capaz de fazer."

Uma ótima leitura!
Até mais!

Josimar Melo


sábado, 7 de junho de 2008

Brasil Olímpico








Os jogos Olímpicos acontecem entre 8 a 24 de agosto. O Brasil até o momento já garantiu a vaga de mais de 198 atletas em plena preparação que começam a fazer as malas para ir a Pequim, na China.

Por Alice Albuquerque e Josimar Melo



Aproximadamente 24 milhões, é o valor que o governo deve liberar para a participação dos atletas brasileiros na Olimpíada de Pequim. Um dinheiro que não deveria esperar quatro anos para ser aplicado, mas sim ser investido anualmente em educação, saúde, e esporte como é feito em países que são referencias econômicas e potências olímpicas como Cuba e China, paises que são gratificados com um show de medalhas em olimpíadas e outras competições esportivas por fazerem investimentos ponderados. Através de investimento e uma correta aplicação desse dinheiro, o Brasil teria mais chances de medalhas nos jogos olímpicos e ainda mostraria para o mundo que pode enfim ser sede dos jogos olimpicos de 2016.
Na Olimpíada de Atenas o Brasil fez uma de suas melhores performances em jogos olímpicos, porém deixou à mostra o quanto ainda precisa ser feito para o país se tornar uma potência olímpica. Foi conquistado o 18º lugar no pódio com 4 medalhas de ouro, 3 de prata e 3 de bronze.
Espera-se que em Pequim o Brasil conquiste mais medalhas. Já são 198 atletas em 25 modalidades diferentes que irão representar a camisa verde amarela nas Olimpíadas de Pequim.
Os Gregos criaram os Jogos Olímpicos, por volta de 2 500 AC, era uma espécie de ritual em homenagem aos deuses.
As Olimpíadas da Era Moderna começaram em 1896, porém o Brasil só começou a participar dos jogos a partir de 1920 na Antuérpia, na Bélgica. Desde então, o país participou de todas as edições da competição, com exceção de 1928, em Amsterdã, pois o país atravessava uma crise financeira.
Nesse ano o Brasil tem sérias chances de vitória em várias modalidades que foram classificadas para a disputa como: atletismo, boxe, ciclismo, esgrima, futebol, ginástica artística, handebol, hipismo, hipismo saltos, judô, levantamento de peso, mountain bike, nado sincronizado, natação, pentatlo, remo, saltos ornamentais, masculino, taekwondo, tênis de mesa, tiro de arco, tiro esportivo, vela, vôlei.
As grandes chances de medalhas vêm da ginástica artística com Diego Hypólito, judô com João Derly, Luciano Corrêa e Thiago Camilo, isso se continuarem mostrando a mesma força e vontade que tiveram no mundial, na natação com Thiago Pereira o melhor atleta do Pan, Fabiana Beltrame no remo, taekwond com Nathália Falavigna, no iatismo com Robert Scheidt, Torben Grael e Ricardo Vinick, vale lembrar que o iatismo foi o esporte que deu mais medalhas olímpicas até hoje para o Brasil, da seleção de vôlei masculino considerado a melhor seleção de vôlei do mundo, além do futebol feminino com Marta, melhor jogadora do mundo, que tem mostrado um talento espetacular, entre outros.
Alguns atletas brasileiros estão enfrentando pequenos contratempos na preparação para competição, é o caso da nadadora Fabiola Molina que sofre desvantagem por não possuir um exemplar do LZR. O maiô desenvolvido pela Seedo em parceria com a NASA, que ajudou vários atletas a baterem recordes nos últimos mundiais. No entanto, a confederação Brasileira de Desportes Aquáticos (CBDA), já se comprometeu em comprar o artigo, apesar do seu preço elevado US$ 800,00 dólares.
Ainda há alguns esportes que podem ter representantes nos próximos meses como badminton, uma modalidade pouco conhecida entre os brasileiros, pois é mais praticado nas regiões leste e sudeste do país.
Guilherme Pardo o melhor jogador do país na modalidade, tenta obter vaga para Pequim. Caso consiga esse feito, será o primeiro a representar esta modalidade a representar o Brasil em Jogos Olímpicos.
Para esta Olimpíada o Brasil esta bem representado a torcida espera que sejam seguidos exemplos de ícones do esporte nacional como a lenda do atletismo Ademar Ferreira da Silva, no salto triplo da Olimpíada de Helsinque – 1952 quebrou duas vezes seu próprio recorde. Neste ano a esperança é depositada em Jadel Gregório, participante da mesma modalidade.
Já da equipe de tiro brasileiro, que foi a primeira a ostentar a honra de ser campeão olímpico, na Olimpíada de Antuérpia – 1920, esse ano a equipe de tiro esportivo representado por Stênio Yammoto e Júlio Almeida devem honrar o público com o ouro.

Até agosto a temporada é de tensão entre os atletas brasileiros, principalmente os que ainda não tem presença confirmada. A seleção só fica completa em julho, no fim do prazo para índices, posições em ranking e disputas de Pré-Olímpico.
Muito ainda precisa ser feito em termos de incentivo ao esporte no do Brasil, precisa-se de mais profissionais que acreditem que o esporte do Brasil é um investimento certo. A Olimpíada deste ano será uma boa vitrine para mostrar ao mundo como a nação brasileira possui grandes talentos, que só esperam um pouco mais de incentivo para surgir e retribuir o investimento, através do pódio e das vitórias. Tornando o Brasil um país de mais campeões.
Confira Vídeo Promocional das olimpíadas de Pequim


Olimpíadas Pequim 2008